3 coisas que você precisa saber sobre a areia higiênica para gatos

como-calcular-a-margem-de-lucro-do-pet-shop
Como calcular a margem de lucro do pet shop?
24 de fevereiro de 2017
como-identificar-e-entender-as-necessidades-dos-clientes
Como identificar e entender as necessidades dos clientes?
9 de março de 2017

3 coisas que você precisa saber sobre a areia higiênica para gatos

3-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-a-areia-higienica-para-gatos

Você já reparou que existem várias opções de areia higiênica para gatos? Nós vamos lhe ajudar a entender as vantagens de cada tipo para que você indique o melhor ao seu cliente.

Do comum ao biodegradável, separamos os aspectos de cada granulado e quais são os cuidados indispensáveis para seu manuseio.

1. Quais são os aspectos mais importantes a serem analisados?

Qual é melhor: areia comum, de argila, sílica, madeira biodegradável ou pedras minerais? Separamos os três aspectos mais importantes na hora da escolha.

Odor

O granulado precisa absorver os maus odores — e quanto mais gatos, mais cheiros! A boa notícia é que existem granulados com bactericidas e adição de perfumes que ajudam a eliminar o cheirinho desagradável.

A melhor opção é a sílica. O produto elimina odores por mais tempo sem adição de perfumes. A praticidade é outro fator positivo, já que os cristais absorvem a urina e é preciso retirar apenas as fezes. Normalmente, um pacote de areia de sílica para um gato rende um mês e vem com cristais coloridos que clareiam quando é hora da troca.

Torrão

Quando a urina entra em contato com os granulados, forma um torrão de areia que é removido facilmente com uma pá. Para trocas menos frequentes de todo o conteúdo da caixa, deve-se evitar areias que não formam torrão.

Rendimento

O cliente busca rendimento x custo-benefício. Um granulado mais acessível precisará de troca semanal. Já outros granulados duram cerca de um mês com limpeza diária.

Outros fatores podem influenciar a duração da areia, como quantidade de gatos e a idade deles (animais velhos fazem mais xixi). Veja com o cliente o que é melhor: investir mais em um produto prático e durável ou manutenção mais frequente, porém, barata.

Se o cliente quer trocar o tipo de areia que utiliza, sugira misturar os granulados novos aos antigos e fazer a transição gradualmente. Gatos são sensíveis e podem estranhar uma mudança abrupta.

2. Quais são os cuidados com os resíduos

Tirar os resíduos diariamente pode parecer uma tarefa simples, mas alguns hábitos diminuem a vida útil da areia. Quer saber quais?

O uso da pá

Não sacuda a pazinha para retirar os torrões de areia. Ao fazer isso, eles se despedaçam e sujam toda a liteira. O correto é jogar fora todo o conteúdo que vem na pá.

O descarte da areia higiênica para gatos

Embora algumas marcas sugiram jogar os resíduos diretamente no vaso sanitário, é preciso verificar se o seu encanamento e o tratamento de esgoto da sua cidade são apropriados para essa prática. Para evitar contratempos, basta colocar os resíduos em um saquinho para descarte no lixo.

O número de gatos

Gatos são territorialistas, por isso enterram o xixi e o cocô. Se o cliente tem mais de um bichano, precisa ter pelo menos uma liteira para cada um de seus pets. Gato gosta de privacidade e é um animal muito limpo.

Muitas vezes, não gosta de compartilhar o local onde faz suas necessidades e começa a sujar outras áreas da casa. Esse tipo de comportamento indica a necessidade de outra liteira.

3. Qual deve ser a periodicidade da limpeza das caixas?

Imagine-se em um banheiro sujo, com papel no chão e a tampa da privada molhada. É mais ou menos assim que um gato se sente ao entrar em uma liteira suja.

Então, além da limpeza diária e de esvaziar a caixa toda no período estipulado para cada tipo de areia, outros cuidados devem ser tomados, como lavar a liteira com água e sabão com bactericida e secá-la bem antes de colocar a areia nova.

É importante lavar as mãos depois de higienizar a caixa e até mesmo após retirar os resíduos com a pá (ou usar luvas para manusear a liteira). Manter a caixa sempre limpa, em ambiente com circulação de ar e distante do local onde o gato se alimenta são boas práticas para manter o bichano feliz.

E aí, já decidiu em qual areia higiênica para gatos você vai investir? Continue alavancando suas vendas com nossas dicas. Assine nossa newsletter.